quinta-feira, 25 de outubro de 2012

OS MENINOS E OS PAIS

"Por volta dos seis anos e idade, acontece uma grande mudança nos meninos. É como se, de repente, alguém apertasse um botão para 'ligar' a masculinidade. (...) O menino parece 'se ligar' no pai, padrasto ou figura masculina mais próxima, insistindo em acompanhá-lo, ver o que ele faz e imitar seu jeito. É como se quisesse 'aprender a ser homem".

(Steve Biddulph em "Criando Meninos").


Recentemente, levei meu filho de 6 anos a uma médica e ela me aconselhou: "Ele precisa ter mais tempo a sós com o pai. Sem você!". Fiquei arrasada por ter sido posta de escanteio! Mas entendi que meu filho precisa menos de mim, da minha superproteção, dos meus abraços e beijos, dos meus cuidados excessivos! 

Ele precisa fazer programas só de homens! Sair de chinelo, com a roupa descombinando, sem mochila a tira-colo com lanches e água. Andar pela rua até a banca de revistas, à locadora ou a padaria (coisa que a mãe dificimente faria!). Lavar o carro, consertar qualquer coisa. Jogar bola. Is ao estádio ver uma partida de futebol. Entrar no banheiro masculino e não lavar as mãos. Ouvir histórias do pai (de luta, de dragão, de carros, o que for! Mas não de princesas e castelos...). Ir ao cinema, ao teatro, almoçar fora. Só com o pai.

Os meninos precisam dos pais para aprenderem a ser homens. O pai é o modelo do filho menino assim como a mãe é o modelo da filha menina. Então, a partir dos 6 anos (segundo os especialistas) os meninos devem ter mais experiências junto aos seus pais (ou um modelo masculino substituto*).

E para quem duvidava da importância do exemplo na educação dos filhos ou do poder do pai na vida de uma criança, este vídeo retrata bem isso. Pare, assista, pense, reflita. Seja o melhor que puder. Não de vez em quando, não só na frente dele. No dia-a-dia, com todo mundo.


"É observando como você age que as crianças aprendem a sentir"

(Steve Biddulph em "Criando Meninos").



"Você pode ensiná-los dando-lhes um exemplo de homem completo. Deixe que seus filhos o vejam cuidando do seu corpo, tratando os outros bem, expressando suas emoções, defendendo as ideias nas quais você acredita. Suas ações serão mais fortes que qualquer coisa que você diga. Você poderá se tornar o tipo de homem que quer que seu filho venha a ser!"

(Steve Biddulph em "Momentos Mágicos com seus filhos").


E para finalizar com um "clichezão" (rsrsrs)... "Não basta ser pai.... tem que participar!!"

Eu indico!! Sou fã de Steve Biddulph! Adoro seus livros:


- Criando Meninos

- Momentos Mágicos com seus filhos


Todos da Editora Fundamento.

* "Encontrando um homem a quem imitar: se não houver um pai por perto, a criança precisa encontrar um substituto - na escola, por exemplo"  (Steve Biddulph em "Criando Meninos").

COPIADO DO BLOG DA JAMILE NERY, COMO SUPER MÃE, ELA TINHA QUE ESTAR NO SUPER RECOMENDO! ; ))

Um comentário:

  1. Oi Tereza, fico feliz que tenha gostado e compartilhado.
    Beijos,
    Jamile

    ResponderExcluir